Reclamação 11.ºA / 11.ºB

Sobre Arminda Gonçalves

Professora de Português da Escola Secundária Augusto Gomes em Matosinhos.
Esta entrada foi publicada em Z_2015-16Portefólio11.ºA/B. ligação permanente.

31 respostas a Reclamação 11.ºA / 11.ºB

  1. Ana Alves diz:

    Reclamação
    Assunto: Bolo em condições impróprias 12 de Outubro de 2015
    Ana Alves, cliente do Vosso estabelecimento comercial, vem, pelo presente meio, expôr a situação de ter comprado o bolo em condições impróprias. Ao cortar uma fatia do bolo, reparei que este estava com um péssimo aspeto e nem me atrevi a provar. Verifiquei, então, que estava fora de prazo.
    É de uma enorme irresponsabilidade e pouco profissionalismo da Vossa parte, entregarem um bolo nestas condições. E a minha questão é se repararam no estado do bolo e provocaram esta situação propositadamente, sendo desonestos ou se foi apenas um erro.
    De uma forma ou de outra, venho apresentar o meu desagrado e a minha reclamação para que analisem este caso e não se volte a repetir no futuro.
    Atenciosamente,
    Ana Alves

  2. Rita Magno diz:

    Reclamação
    Reclamante: Felisberta Maria das Matas; Rua Prego em Sopa, 798, 4° esq; 966667966, CC. n° 12345678 9zz0
    Assunto: Defeito de umas calças do Continente
    Descrição: No dia 31 de Dezembro de 2014, dirigi-me à loja do Continente, situada no NorteShopping, e comprei umas calças para levar à festa de Ano Novo. Nessa altura, foi-me indicado que as devia lavar devido à loja ter estado em obras e as roupas se encontrarem empoeiradas. E assim, foi feito. Mas, após a lavagem, as calças perderam não só a cor como também os brilhantes e lantejoulas.
    Agradecia que averiguassem o meu caso e aguardo a Vossa resposta.
    Atenciosamente,
    Felisberta Maria das Matas

  3. Gonçalo Tato Macias Ferreira diz:

    Reclamação dirigida a: FedEx

    Reclamante: Gonçalo Tato Macias Ferreira, Rua Dr Albano Sá Lima n°128, Leça da Palmeira, 14306732 0ZY6

    Assunto: Descontentamento relativo à prestação incorreta de serviços

    Descrição da ocorrência:

    Venho, por este meio, demonstrar o meu descontentamento para com a Vossa empresa, no âmbito do encontro de uma solução para o problema que seguidamente passo a apresentar.
    O caso passou-se no dia 20 de Julho de 2015. Acontece que um Vosso produto por mim encomendado não apresentava a qualidade devida. Ou seja, condeno o estado em que o produto chegou, não alcançando os padrões de um produto viável e válido, visto que se trata de uma televisão SmarTv498E4K, um produto que deve ser tratado com delicadeza e cuidado no seu transporte. Não sendo porém cumpridos os cuidados devidos no seu transporte, vejo-me obrigado a reclamar sobre o assunto.A televisão chegou num estado inaceitável, apresentando o ecrã e os suportes danificados.
    Como deverão compreender,estas não correspondem de todo a condições ideais para um produto deste tipo de tecnologias.
    Em suma, proponho a substituição do produto por uma unidade que se enquadre num correto estado tecnológico. Não creio que as minhas exigências ultrapassem os Vossos meios e política como empresa de entrega de mercadorias, até porque estamos a falar de uma empresa de renome a nível mundial.

    Deixo o meu pesado agradecimento pela consciencialização e análise da situação acima transcrita e aguardo atenciosamente a Vossa resposta.

    Cordialmente,
    Gonçalo Ferreira

  4. Paula Pires diz:

    Reclamante: Odélia Fraquinho, Rua do canário n°20, 918945382, c.c n°14030279 14030279

    Assunto: defeito das sapatilhas da Nike

    Descrição: No dia 27 maio de 2012, dirigi-me à loja da Nike, situada no Norteshopping e comprei umas sapatilhas. Passado uma semana, lavei-as e verifiquei que a pele das sapatilhas começou a descascar.
    Agradeço que analisem este caso e aguardo a Vossa resposta.
    Atenciosamente

    Odélia Frasquinho

  5. Daniela Vinagre diz:

    Reclamação
    Reclamante- Vera Santos, morada rua da praia
    Descrição: No dia 20 de junho de 2015, dirigi-me ao Pingo Doce de Matosinhos para comprar bens alimentares. O que aconteceu foi que, quando cheguei a casa para fazer o jantar, ao abrir a lata de atum,verifiquei que este por dentro se encontrava estragado. Ao observar a lata encontrei um buraco, o que certamente esteve na causa do estado do atum. Atribuo este facto a um possível mau armazenamento do produto,o que é da responsabilidade do estabelecimento.
    Espero que esta situação não se volte a repetir.
    Agradeço que considere este caso
    Atenciosamente
    Vera Santos

  6. Daniel Almeida diz:

    Rádio de Táxis

    Rodrigo Soares, Rua Ivone Costa, 15363254 9xz6, 935321439

    Mau atendimento

    No dia 3 de outubro, por volta das 18h30, apanhei um táxi cujo motorista se chamava Rui Rego. Eu estava muito apressado para chegar ao local onde trabalho e, como tal, não tive tempo de jantar. Então, decidi comer, enquanto me deslocava. Quando comecei a jantar, o senhor motorista, muito arrogante e frio, diz-me que não podia jantar no táxi para não o sujar. Tentei explicar a minha situação com o objetivo de ser compreendido. Todavia o senhor taxista berrou comigo e exigiu que saísse do táxi, dizendo que o seu táxi não era nenhum restaurante ambulante. Eu, muito indignado, saí e cheguei atrasado ao trabalho.
    Agradeço que analisem esta situação e aguardo a Vossa resposta.

    Rodrigo Soares, 13 de outubro de 2015

  7. Nuno Moreira diz:

    Reclamação dirigida à Fnac
    Reclamação:Nuno José Lima e Silva Moreira, Rua não sei o nome 39 Fevereiro 14759329zz1, 93344556.
    Assunto: Atraso na entrega de um produto encomendado.
    Descrição: No dia 29 de Setembro, pelas 10 horas e 30 minutos, na loja Fnac do Norteshopping, eu dirigi-me ao balcão para levantar uma encomenda que tinha feito.O que me foi transmitido, quando fiz a encomenda, foi que iria demorar 48 horas. Mas disseram-me que afinal ia demorar mais 72 horas.
    Agradeço que analisem a minha situação o mais rápido possível.

    Atenciosamente
    Nuno Moreira

  8. Daniel Mesquita diz:

    Reclamação
    Reclamante: Daniel Silva Mesquita, Rotunda da Boavista Nº15 3ºEsq. Porto, 919969042
    Assunto: Polo Tifossi manchado
    Descrição: No dia 23 de Agosto de 2015, comprei um pólo na loja Tiffosi Denim do Norteshopping do qual solicito a troca.
    O sucedido foi que, após a primeira lavagem, o símbolo desbotou e manchou o pólo.
    Visto que cumpri as instruções de lavagem indicadas, solicito um reembolso ou uma troca por um pólo novo.
    Agradeço que emendem a situação e aguardo a resposta,
    Daniel Mesquita Nº6 11ºB

  9. Cláudia Cova diz:

    Reclamante:
    • Patrícia Sousa Pereira
    • Rua das Margaridas
    • C.C.: 15814431 2ZZ8
    • Telemóvel: 910 479 479

    Assunto: Falta de respeito por parte do bancário

    Descrição:
    No dia 14 de Janeiro pelas 15:30h, o bancário que me prestou serviço foi bastante desagradável e arrogante perante a minha pessoa. Passo a explicar o sucedido.
    Eu estava a tratar de um assunto com outro bancário, o Sr. José, mas nessa semana ele estava de férias, por isso recomendou-me um dos seus colegas para continuar a tratar do meu assunto. Fui falar com o colega que o Sr. José me tinha sugerido e expliquei-lhe o que eu vinha resolver, e o colega respondeu-me: “Tem de tratar esse assunto com o Sr. José”. Eu referi-lhe que Sr. José estava de férias e que ele recomendou-me falar com o colega. O bancário voltou a responder-me, mas desta vez de uma maneira mais rude, dizendo que não poderia tratar do assunto comigo. Então, perante esta situação, eu disse-lhe: “Se o Sr. José falecesse, quem é que iria tratar do assunto comigo?”. A partir desse momento ele não disse mais nada e começou a resolver o assunto comigo, no entanto ele parecia indignado com o conflito, e quem deveria estar indignada era eu.

    Sem mais, e aguardando o seu contacto para eventuais esclarecimentos, subscrevo-me muito atenciosamente…
    Patrícia Pereira

  10. Ting diz:

    Reclamação
    Destinatário: Continente de Matosinhos
    Exmos. Senhores
    Eu, Hugo Magno, morador na Rua França nº10, Porto, portador do C.C nº123456789zx, venho, por este meio, apresentar uma reclamação sobre uma compra que fiz na Vosso estabelecimento.
    No dia 29 de fevereiro de 2013, às 13h de tarde eu comprei um casaco e só quando cheguei a casa é que reparei que estava rasgado. Voltei à loja e expliquei o que se tinha passado, mas o empregado do Continente desconfiou de mim e disse que tinha sido eu a rasgar o casaco.
    Por isso, apresento o meu descontentamento e esta reclamação, aguardando uma resposta sobre este caso.
    Atenciosamente,
    Hugo Magno
    4 de março de 2013

  11. Lúcia Rodrigues diz:

    Reclamação dirigida a: Burguer King
    Reclamante: Lúcia Rodrigues, residente em Gaia, Rua Soares Dos Reis, 444, 1ºDireito, portador do cartão de cidadão número 369 444 72 ZZ 02 e com o número de telemóvel: 934578911.
    Assunto: Molho impróprio para consumo.
    Descrição da ocorrência: No dia 22 de outubro de 2014, pelas 14 horas e 30 minutos, na loja Burguer King em Matosinhos, fui servida de um hambúrguer que tinha um molho repugnante e cheirava a lixo. Pedi à funcionária Maria Antónia que me trocasse a sandes e esta rejeitou o meu pedido, tendo eu de ir embora sem a sandes, nem o dinheiro.
    Agradeço que analisem a situação e tomem as devidas providências.

    Atenciosamente
    Lúcia Rodrigues, 23 de outubro de 2014

  12. Ana Catarina Guedes diz:

    Reclamação dirigida à Corte Real
    Reclamante: Maria Alves, Rua Costa,15656985 9xz8, 965961263
    Assunto: Comportamento pouco profissional
    Descrição da ocorrência: No dia 20 de setembro, às 16:30h, senti por parte de um dos vossos funcionários um comportamento arrogante e pouco profissional. Quando entrei na loja, dirigi-me ao balcão para pedir ajuda de às funcionárias, pois já tinha estado lá antes e sabia que o produto existia. Tive que esperar durante mais de cinco minutos para que fosse atendida, uma vez que elas estavam a conversar. Mal acabaram de conversar, a menina Tânia Gomes atendeu-me e, após lhe especificar o que procurava, a resposta foi simplesmente ‘procure nos corredores do fundo’. Agradeci a ajuda e depois de examinar todos os corredores, vi que realmente não o estava a encontrar e mais uma vez fui pedir ajuda à mesma pessoa que, pela segunda vez, me mandou procurar no mesmo sítio. Quando lhe pedi para me acompanhar, para me ajudar a ver onde o produto estava, a menina negou-se e inclusive disse que não era o trabalho dela dirigir-se aos corredores.
    Espero que resolvam este assunto com a funcionária em questão.

    Obrigada!
    Atenciosamente, Maria Alves 20 de Setembro de 2015

  13. Raquel Soares diz:

    Carta de reclamação

    Exmos. Senhores
    Eu, Rute Marlene Dias Fonseca, residente na Avenida Pedro Hispano, n.º270, 10º direito, com o cartão de cidadão n.º 136477203 ZZ2 e número de telefone 961052663,
    Venho, por este meio, reclamar a compra de um tablet marca ACER, o qual teve de ser reparado cerca de seis vezes em quatro meses, impedindo assim a sua utilização pretendida. Cada vez que era reparado o equipamento, o relatório de reparação não explicava nenhum tipo de dano ou problema no sistema, o que eu considerava estranho.
    A primeira vez que isto aconteceu foi cerca de uma semana após eu o ter comprado e nesse período de tempo, o aparelho aparentou funcionar correctamente. Mas agora, quatro meses depois, tomei a liberdade de escrever uma reclamação, pois o tablet voltou a avariar mais cinco vezes e isso não era suposto acontecer. Mesmo os outros relatórios que eu recebi, nenhum mencionava nada sobre qualquer tipo de dano ou avaria do sistema.
    Agradecia que considerem esta situação.
    Cumprimentos,

    Rute Marlene Dias Fonseca 16.10.2015

  14. Gonçalo Freitas diz:

    Reclamante: Gonçalo Freitas, rua das areias, n° 346, CC n° 362863zz176
    Assunto: Quatro árbitros, dois observadores e um delegado.
    Descrição : No dia 3 de outubro, pelas 22h, foi denunciada pelo presidente do Sporting a forma de tratamento da S.L.Benfica S.A.D. para com os árbitros, oferecendo-lhes jantares a eles e aos observadores e delegados (e respetivas famílias) nos jogos das equipas A e B.
    Tal facto terá clara influência nas decisões dos juízes, nos lances das partidas, estando assim explicados os dois últimos campeonatos.
    Apresento a minha indignação.
    Gonçalo Freitas.

  15. Ana Dias diz:

    Reclamação
    Reclamante:
    Ana Margarida Carvalho Dias
    Rua da Alegria, C.C.:1346859 783, Porto, 918463721
    Assunto: Compra de Livro com defeito

    No dia 10 de Outubro, no final da tarde, dirigi-me a uma loja Fnac com o intuito de comprar um livro. No entanto, quando cheguei a casa já com o livro que pretendia, apercebi-me que ao folheá-lo muitas das suas páginas se encontravam dobradas e a impressão não estava de todo bem feita, havendo ainda palavras imperceptíveis e algumas manchas ao longo do texto.
    Deste modo, gostaria que o meu livro fosse trocado por um novo ou que o dinheiro me fosse reembolsado.
    Agradeço que o meu caso seja devidamente analisado de forma à situação não se repetir com futuros compradores do produto e aguardo brevemente uma resposta.
    Atenciosamente,
    Ana Dias

  16. Rafaela Moreira diz:

    Reclamação dirigida à Resende
    Reclamante: Rafaela Moreira; Rua Particular às Árvores nº99; CC: 12495738 3 ZZ9; 967 891 011
    Assunto: Atraso da camioneta da linha 105
    Descrição da ocorrência: No dia 20 de maio de 2015, a camioneta da linha 105 que tinha como hora prevista de chegada à sua 5ª paragem as 13h04min, não apareceu. Esta situação deixou-me assim sem mais nenhuma outra opção senão esperar pela próxima camioneta, a das 13h34min. Por consequência dos habituais e demorados 20min de viagem que se seguiram até à escola, cheguei atrasada à primeira aula da tarde.
    Agradeço que analisem esta situação.
    Atenciosamente,
    Rafaela Moreira
    20/5/2015

  17. Ana Miguel diz:

    Reclamação

    Reclamante: Maria da Graça, Rua Verde nº 666, 83647108 ZZ9, 919999998.
    Assunto: Sushi estragado.
    Descrição: Venho, por este meio, informar que o sushi que eu comi no dia 6 de Junho, pelas 22:45, estava possivelmente estragado, uma vez que durante a noite eu me senti mal e necessitei de cuidados médicos.
    Peço que tenham mais cuidado, pois o sucedido, poderá acontecer futuramente a mais pessoas e agradecia um reembolso do dinheiro que gastei no vosso sushi. Espero que analisem esta resposta.
    Agradecimentos,
    Maria da Graça.

  18. Diogo Fonseca diz:

    Eu, Gilberto Matos, morador na rua das Flores nº305, portador do C.C. numero 14383993 zy4, venho ,por este meio, reclamar acerca das avarias que têm ocorrido na Resende.
    Na passada segunda-feira, 19 de Fevereiro, apanhei o autocarro 119 que tinha como destino Porto. Entretanto avariou e chegou outro para o substituir.
    Estava a chegar a Freixieiro, quando a camioneta substituta também avaria. Comecei a reclamar com o motorista e ele tratou-me mal, usando palavras pouco próprias.
    Não sou só eu que me queixo dos autocarros da Resende. Além destas avarias e atrasos constantes, apresentam condições péssimas, tais como chover dentro dos autocarros, as portas não abrirem nem fecharem e as campainhas estarem constantemente avariadas.
    Agradeço a atenção para este caso e aguardo a vossa resposta
    Atentamente 21/02/2014

  19. Susana Maia diz:

    Reclamação
    Reclamante: Fernanda Pereira, Rua dos Pinheiros, n°54. C.C.: 470871213 ZY4, telemóvel: 963618372
    Assunto: Desrespeito por parte de uma funcionária.
    Descrição: No dia 17 de Maio, pelas 16:45, dirigi-me à Vossa loja, Stradivarius, no Marshopping para efetuar a troca de um par de calças defeituoso. Quando cheguei à caixa e expliquei o ocorrido à atendente, Vera Silva, esta acusou-me de ter estragado as calças de propósito. Tentei explicar que tal não era verdade mas ela recusou-se a efetuar a troca do produto exigindo que me retirasse da loja.
    Agradeço que analisem a situação e que tal não se volte a repetir. Aguardo a Vossa resposta. Atenciosamente,
    Fernanda Pereira.

  20. Leandro Catalarrana diz:

    Reclamação dirigida à iStore
    Reclamante:Leandro Catalarrana, Rua Sobe e desce, n°44. C.C.: 74511021 ZY9, 919947613
    Assunto:Telemóvel danificado.
    Descrição: No dia 30 de Fevereiro, às 14:30, na loja iStore do Norteshopping, eu comprei um iPhone 6 cujo visor apresentava um risco de 5 cm de comprimento e 2 mm de largura.
    Agradeço que analisem a substituição do aparelho por outro.
    Atenciosamente,
    Leandro Catalarrana 31 de Fevereiro, 2016

  21. Francisca Lopes diz:

    Reclamação
    Reclamante: Francisca Lopes, Rua dos carvalhos, nº44, 1ºesq. Matosinhos.
    Assunto: Calças da Zara com o fecho estragado.
    No dia 5 de Outubro de 2015, fui à loja Zara do Norteshopping para comprar umas calças. Quando cheguei a casa, ao experimentar as calças, reparei que o fecho estava estragado e não fechava. No dia seguinte, dirigi-me à loja para trocar o produto e o funcionário disse que a troca não podia ser efectuada e insinuou que tinha sido eu a estragar o fecho.
    Agradeço que analisem o meu caso o mais rapidamente possível.
    Atenciosamente
    Francisca Lopes

  22. Reclamante : João Guerreiro, Rua das Castanheiras nº320 , telemóvel : 912756983 C.C.: 254863795zz5.
    Assunto : Calças Bershka rasgadas
    Descrição : No dia 16 de Agosto , pelas 14:00, dirigi-me à loja Bershka para comprar umas calças de ganga. Só me apercebi que as calças de ganga estavam rasgadas, quando cheguei a casa. Voltei à loja para trocar o produto e o vosso assistente atendeu-me mal e recusou-se a trocar as calças rasgadas . Agradeço que averiguem a situação e aguardo a vossa resposta.

  23. Hugo Campos diz:

    Reclamação
    Reclamante: Armando Passos, Rua das plantas do Jardim
    Assunto: Mau atendimento
    Discussão: Comprei um telemóvel numa das lojas da Worten e, quando cheguei a casa, pu-lo a carregar e este não carregava. Voltei então outra vez à loja e remeti para o que tinha acontecido com o produto que comprara na loja. Mas, no fim, eles disseram que não se responsabilizavam e pedi-lhes então, o livro de reclamações.

    Agradecia que averiguassem este caso o mais rapidamente possível

    Hugo Campos Nº14 11ºB

  24. Ana Carolina diz:

    Reclamação dirigida a: Metro do Porto
    Reclamante: Cláudia José, rua General Torres 445, CC nº 34565642789 zy6, telemóvel 914527626
    Assunto: Frequência da linha Sr. de Matosinhos
    Descrição da ocorrência: Venho, por este meio, pedir a Vossas Excelências que analisem a frequência do metro com destino a Senhor de Matosinhos, pois esta linha apresenta uma frequência muito reduzida para a quantidade de pessoas que fazem este trajeto diariamente. O intervalo de 10 min é demasiado curto pelo que obriga as pessoas a ter uma margem de tempo muito grande para evitar atrasos.
    Agradeço que considere o problema, aguardo a Vossa resposta.
    Cláudia José

  25. Francisco Gouveia diz:

    Reclamação: Conselho de administração Norauto.

    Reclamante: Francisco Oliveira Gouveia, rua Eduardo Martins, n°109, Matosinhos, portador do C.C: 1497563148ZZY, 918576699

    Assunto: Descontentamento relativo à venda do veículo.

    Descrição da ocorrência:

    No dia 27 de Agosto pelas 18:30h, fui tentado forçosamente a levar uma mota, em mau estado. Passo a explicar o sucedido.
    Fui à Norauto (uma loja/oficina de veículos) comprar um motociclo. Depois de tudo tratado e papéis assinados, eu e o responsável da loja marcamos o dia de entrega do veículo. Quando chegou o dia do seu levantamento, eu fui à oficina existente dentro da mesma loja e fui confirmar o estado da mota. Quando vi o motociclo, deparei-me com várias mossas que mota aparentava ter!
    Fiquei indignado, chamei o responsável da loja e exigi que me dessem uma mota nova, porque o meu pagamento tinha sido em função de uma mota nova e não em função de uma mota usada ou com mossas!
    O responsável da loja disse que não podiam fazer nada e que não podiam mandar vir uma mota nova, porque aquela já se encontrava toda preparada para arrancar, com a matrícula posta, e que por esse motivo tinha de levar aquela.

    Agradeço que analisem o caso.
    Atenciosamente,
    Francisco Gouveia.

  26. Inês Frasco diz:

    Reclamação dirigida a Estrela D’Ouro
    Reclamante: Inês Frasco, Rua Sobe e Desce nº 8. C.C.: 10458679 ZZ6, 915960204
    Assunto: Mau atendimento e serviço
    Descrição da ocorrência: Hoje, dia 12 de outubro de 2015, às 21h entrei no restaurante Estrela D’Ouro e pedi uma francesinha sem queijo. Quando o empregado José Ramos me trouxe a francesinha, esta vinha com queijo. Mandei-a para trás e pedi educadamente para me trazerem uma francesinha sem queijo. O empregado José Ramos mostrou-se deveras incomodado com o meu pedido e levou a francesinha quase forçado. Quando me trouxe supostamente uma francesinha nova sem queijo, vi que era a mesma com pedaços de queijo e marcas de ter sido raspado. Quando disse novamente que a francesinha não estava como pedi pela 2ª vez, o empregado José Ramos negou-se a levar o meu prato para trás pois “já tinha sido mexido muitas vezes” e não o podia levar mais vezes à cozinha. Além disso foi extremamente rude.
    Agradeço que analisem este caso e espero pela vossa resposta.
    Atenciosamente,
    Inês Frasco, 12 de outubro de 2015.

  27. Carlos Costa diz:

    Reclamante: Miguel Sousa; Rua de Paris, 80 74º direito; 15223845 zz2;967894367
    Assunto: Mau atendimento por parte de uma hospedeira.
    Descrição: No dia 10 de julho de 2015, fiz uma viagem de regresso a Portugal pela companhia aérea TAP onde fui pessimamente atendido por uma hospedeira. O que se passou foi que eu chamei três vezes essa senhora e por três vezes lhe pedi um copo de água. Enquanto isso, reparei que outros passageiros iam pedindo à hospedeira outras coisas e esta sempre os satisfazia. Agradeço que considerem esta situação e aguardo Vossa resposta.
    Atenciosamente: Miguel Sousa, 11 de Julho de 2015

  28. Ricardo Silva diz:

    Reclamante: João Idalécio, Água de Pena, telemóvel:944390750
    Assunto: Mau ambiente
    Descrição:No dia 29 de janeiro de 2015 por volta das 20:00h, eu e os meu colegas decidimos jantar no ASSIP, um restaurante que já nos tinha sido recomendado pelo seu profissionalismo e qualidade. Fomos muito bem recebidos, mas o mal-estar começou quando os filhos do dono começaram a brincar e a correr pelo restaurante. Foi imensamente desagradável para mim e para os meus colegas , ficando assim a reputação do restaurante manchada para nós.
    Agradeço que analisem esta situação de modo a que não se repita no futuro.
    Atenciosamente,
    João Idalécio
    30/01/2015

  29. João Guerra diz:

    Reclamação dirigida a OSM.

    Reclamante: João Gomes Guerra, Rua 9 de Julho, Perafita, 150836457zz9, 91*******.

    Assunto: A minha derrota injusta frente ao Gonçalo Freitas.

    Descrição da ocorrência: No dia nove de outubro de dois mil e quinze, pelas dezoito horas e quarenta e nove minutos, eu e o Gonçalo Freitas tínhamos o jogo agendado para esse momento e o Sistema de simulação do jogo fez com que eu tivesse perdido injustamente, visto que a minha equipa conseguiu fazer mais remates, teve mais posse de bola e um jogador dele foi expulso. Esta vantagens devia ter-me permitido uma vitória certa.

    Agradeço que analisem esta situação e aguardo a vossa resposta,
    atenciosamente, João Guerra.

    João Guerra. 12/10/15

  30. Inês Santos diz:

    FORA DE PRAZO
    Carta de Reclamação

    Ex. mos Senhores,

    Eu, Cátia Vanessa Silva Santos, residente na Travessa Pedro Geórgia, Nr. 386, 12º Esquerdo, Matosinhos, portadora do número do cartão de cidadão 30074956 zz3 e número de telefone 936569671, venho, por este meio, reclamar o atendimento de uma funcionária da loja ZARA do Norteshopping em Matosinhos. No dia vinte e dois de agosto de dois mil e quinze, dirigi-me à loja para comprar um casaco e pedi ajuda à menina Alexandra Pinho Pinheiro para me indicar onde estava a roupa de nova coleção. Esta recusou-se,rudemente, a atender-me, dizendo que tinha muitas caixas para arrumar em armazém e que pedisse ajuda a outra funcionária da loja. Eu respondi à menina Alexandra dizendo-lhe que se estava na loja, tinha de ajudar os clientes assim que solicitado. A funcionária ripostou, afirmando que ela é que sabia ou não o que fazer e voltou-me as costas.
    Eu dirigi-me às caixas e pedi para falar com o gerente de loja. O funcionário que me atendeu, Pedro Alves, disse-me que este não se encontrava no estabelecimento. Então resolvi pedir o livro de reclamações.
    Sem mais nada de momento, agradecia que dessem importância ao caso.
    Atenciosamente,

    Cátia Silva.

  31. Lia Castanho diz:

    Reclamação
    Exmos. Senhores
    Eu, Lia Castanho, venho,por este meio, informar a companhia de que a comida de cão, que comprei numa das lojas onde distribuem os vossos produtos, se encontra em mau estado e com bolor. Há que ter em atenção que se eu não tivesse tomado o devido cuidado de examinar a ração, o meu cão poderia ter sofrido uma intoxicação alimentar ou pior.
    Agradecia que analisassem esta situação, para que isto não se torne a repetir.
    Atenciosamente,
    Lia Castanho

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s